Marketing Imobiliário Redes Sociais

Como criar anúncios no Facebook para vender imóveis

Criar anúncios no Facebook para vender imóveis é uma das estratégias mais eficientes para aumentar o número de leads (pessoas interessadas no produto) e gerar mais oportunidades de vendas.

Isso porque os anúncios na internet possuem muita força de conversão e geram resultados lucrativos para construtoras. E, também, podem atrair pessoas em diferentes fases de um funil de vendas.

Ou seja, criar anúncios no Facebook para vender imóveis pode gerar oportunidades para pessoas que ainda estão procurando um imóvel, ou para pessoas que já conhecem o seu produto.

Entretanto, mesmo com uma plataforma intuitiva e diversas facilidades, criar anúncios no Facebook para vender imóveis pode ser uma tarefa complicada. Isso porque o Facebook possui uma série de regras rígidas.

Além disso, é importante conhecer técnicas de calcular os rendimentos lucrativos. Para que não se gaste muito em anúncios, sem nenhum retorno de vendas (ou seja, sem lucros).

Criar anúncios no Facebook para vender imóveis: Como fazer?

O primeiro passo é criar uma conta no Facebook (o ideal são contas pessoais, e não uma conta no nome da empresa). Depois disso, a empresa deve criar a sua página, para atrair curtidas.

É importante que a página tenha um número razoável de seguidores e postagens, isso dará mais credibilidade e causará menos dúvidas nos usuários. Depois disso, uma conta para anúncios deve ser aberta, com o cadastro de um cartão de crédito (ou pagamentos por boleto).

Criar anúncios no Facebook para vender imóveis requer três pilares importantes. Eles são: Imagens, Texto e Link. Confira dicas para cada um deles:

 

Imagens

O Facebook possui muitas regras para imagens, principalmente em anúncios. Elas não devem conter violências, armas ou conteúdos de cunho sexual. No entanto, as construtoras estão livres dessa vigilância.

Não há uma regra específica para dizer quais imagens funcionam (geram conversão) ou quais imagens atraem mais atenção. Por isso, é fundamental que a construtora crie peças para teste a/ b.

Outra dica importante: O Facebook não permite imagens com mais de 20% em texto. Por isso, evite ao máximo imagens que trazem algum tipo de texto, como preço, informações, etc.

Preocupar-se com a estética das imagens pode gerar mais credibilidade para o produto. Além de atrair mais a atenção dos usuários. Fotos amadoras dão um aspecto de desleixo e desvalorização.

 

Textos

O texto é a principal parte na hora de criar um anúncio no Facebook para vender imóveis. Isso porque possuem uma carga maior de persuasão, além de poder trazer mais informações que uma imagem.

Os textos para anúncios podem conter emojis e links. O ideal é que os links estejam logo no começo do texto, e não após o “veja mais”. Isso irá aumentar as conversões (cliques nos links).

É importante também utilizar gatilhos mentais no textos. Ou seja, estratégias de persuasão que aceleram o processo de conversão. Os principais gatilhos são:

  • Gatilho de Escassez (Poucas Unidades)
  • Gatilhos de Urgência (Promoção com pouca durabilidade)
  • Gatilho de medo (medo da perda)
  • Gatilho da autoridade (confiança na construtora)
  • Gatilho da curiosidade (Surpresa)

 

Link

Outro ponto importante para se preocupar ao criar anúncios no Facebook para vender imóveis é a boa utilização de links. Ou seja, entender para onde aquele público impactado irá ao clicar no anúncio.

O ideal é encaminhar esse tráfego para uma landing page, ou seja, uma “página de repouso”. As landing pages devem conter textos persuasivos, informações sobre o imóvel, fotos e cadastro (compra, contato, etc.).

As landing pages não precisam ser páginas grandes, já que o público já foi impactado pelo anúncio. Ou seja, não precisa ser muito convencido sobre o produto. Em geral, já está bastante interessado.

 

ROI: Metrificação de lucros

Outra preocupação importante na hora de criar anúncios no Facebook para vender imóveis é a lucratividade desta estratégias de Marketing Digital. Uma métrica básica para calcular o lucro é o ROI.

É impossível falar em anúncios no Facebook sem falar sobre o Retorno sobre o Investimento (ROI). Para calcular esse valor basta fazer uma conta simples:

Lucro = Retorno (total) – Investimento (anúncios).

Essa métrica é fundamental para acompanhar se os investimentos estão dando resultados lucrativos para a construtora. Ou seja, deve ser feita com frequência para analisar se deve investir mais ou menos em anúncios.

A vantagem de anúncios no Facebook é que eles podem ser pausados ou alterados a qualquer momento. Por isso, é um investimento que tende a gerar melhores resultados.

 

Mais anúncios na internet

Além de criar anúncios no Facebook para vender imóveis, uma construtora pode anunciar de outras formas na internet. Entre elas, o próprio Google.

A vantagem de anunciar no Google é que o lead encontrará o anúncio na hora em que estiver fazendo uma pesquisa sobre aquele assunto. Ou seja, quando o seu interesse estiver mais aquecido para receber a mensagem da construtora.

Há ainda outras formas de anunciar na internet, como o Outbrain. Essas plataformas fazem com que seus anúncios apareçam em portais de notícias ou outros tipos de sites.

Há diversas variações na criação desses outros anúncios, como: tamanho do texto, tipo de imagem, regras para anúncios, custo por clique, visualizações, etc. Por isso, o ideal é que haja uma pesquisa e uma estratégia específica para cada canal de anúncios.

É possível usar todos os anúncios ao mesmo tempo ou, simplesmente, escolher um único canal. Entretanto, o ideal é quando esses canais são coexistentes e performam para uma única estratégia.

Por exemplo, após os anúncios no Facebook, os anúncios no Google e Outbrain podem funcionar de remarketing. Ou seja, esses anúncios irão aparecer para usuários que já passaram pela landing page (por meio do IP do computador).

Portanto, é tão importante fazer um planejamento antes de criar anúncios no Facebook para vender imóveis. Esse planejamento deve contar com perspectivas como: investimento, tempo de duração, canais, caminho que o usuário passará, tipos de imagens, textos de persuasão e landing page.

Somente depois do planejamento é que as primeiras peças devem ser criadas no Facebook ou em outra plataforma escolhida pela construtora. É importante enfatizar que as estratégias também são importantes para quem trabalha de forma autônoma.

Quer saber mais? Entre em contato!

Você pode gostar

Relacionados