Sem categoria

O que é Google Adwords

Google AdWords

 

O que é Google AdWords ?

 

O Google AdWords é a plataforma oficial de publicidade do Google. Por meio dela, empresas dos mais variados tamanhos e mercados de atuação pagam ao maior buscador do mundo para promoverem anúncios e, consequentemente, obterem destaque na internet. A grande sacada do Google AdWords é a oportunidade de poder alcançar públicos extremamente segmentados, no instante em que as pessoas estão pesquisando no Google por algum serviço ou produto específico. Ou seja: o anunciante investe em propaganda voltada a audiências qualificadas e que interessam diretamente ao seu negócio. Com base em palavras-chave e cookies, é possível determinar onde e quando os anúncios serão exibidos. Essa é a principal premissa do Google AdWords.

 

“Faça com que sua empresa seja encontrada no Google, localmente ou no mundo todo, quando potenciais clientes estiverem pesquisando sobre o que você oferece. Se deseja atrair novos visitantes para o seu website, aumentar suas vendas online, receber mais ligações ou fazer com que seus clientes retornem, nós podemos ajudar”, explica a própria plataforma. Segundo o Google AdWords, existem diversos formatos principais de anúncios na plataforma:

 

Rede de Pesquisa

 

A Rede de Pesquisa é composta pelos resultados de busca do Google e de sites parceiros da plataforma. Os anúncios são exibidos em áreas de destaque nos resultados da busca — geralmente, nas 4 primeiras posições — e também para palavras-chave de alta concorrência, também nas 3 últimas posições.  Ou seja: os anúncios ficam em destaque no início e no fim da Search Engine Results Page (SERP), com uma pequena legenda de “Anúncio”, indicando que se trata de um link patrocinado. É um formato especialmente útil para alcançar pessoas que buscam por soluções, serviços ou produtos específicos. A grande vantagem deste formato é que o anunciante só paga quando a pessoa clica no link do resultado para acessar o site. Quando bem planejados, esses anúncios têm uma ótima relação entre custo e benefício para empresas e negócios.

 

Rede de Display

 

São aqueles exibidos em sites, portais ou páginas de notícias e blogs. Juntos, esses canais formam a chamada “Rede de Display” do Google, uma poderosa teia de conexões que alcança, em todo o mundo, cerca de 90% dos usuários da internet. Em números consolidados, os anúncios são exibidos em mais de 2 milhões de sites e em aproximadamente 650 mil aplicativos. Os anúncios gráficos contam com opções especiais para segmentação, palavras-chave, informações demográficas e remarketing. Com essas campanhas, é possível incentivar os clientes a notar sua marca, considerar suas ofertas e realizar alguma ação. Dentro do próprio Google Adwords existe um gerador de anúncios para a Rede de Display, que utiliza o conteúdo do próprio site ou Landing Page para gerar os anúncios. Há diferentes formas para utilizar este tipo de publicidade:

 

Banner: são os anúncios gráficos. Podem ser imagens, animações, layouts personalizados, elementos interativos e também outras opções;

 

Texto: similar ao banner, no entanto são anúncios em forma de “caixa de texto”, que incluem um título, uma descrição, o nome da empresa e ainda uma URL específica;

 

Gmail: são anúncios personalizados dentro do Gmail. São visualizados diretamente na caixa de entrada dos usuários.

 

Aplicativo: é a publicidade que aparece especificamente em aplicativos para dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

 

YouTube Ads

 

Se costuma acessar o YouTube com frequência, você, sem dúvidas, já deve ter notado que alguns vídeos possuem anúncios: alguns, antes do início; outros exibidos até mesmo durante a exibição. Sabia que, como anunciante, você também pode criar campanhas parecidas, para serem veiculadas nesse formato? Com quase dois bilhões de usuários ativos no mundo inteiro por mês, a plataforma é extremamente relevante para o Google (mais, inclusive, que o próprio Gmail, outro grande serviço da gigante de tecnologia).

 

Com anúncios voltados ao YouTube, é possível selecionar o público-alvo desejado com base na idade, no sexo, no local, nos interesses e muito mais. Detalhe: segundo o próprio YouTube, o anunciante só paga quando o público interage com a campanha. Ou seja: se o anúncio for pulado antes de 30 segundos (ou do final da propaganda), quem anuncia não pagará nada.

 

Anúncios em Aplicativos

 

São aqueles voltados a negócios que possuem aplicativos e pretendem ampliar o seu alcance com a plataforma do Google. Neste formato, é possível promover um produto, serviço ou a própria empresa para usuários Android ou iOS. Nesta modalidade, existem três tipos de campanhas:

 

Campanha de Instalações de apps para dispositivos móveis: Esse formato permite promover o aplicativo na Rede de Pesquisa, Rede de Display ou YouTube, com o objetivo de gerar mais instalações do aplicativo.

 

Campanha universal para apps: Com esse formato, você poderá divulgar uma campanha no Google Play, na Pesquisa do Google, no YouTube e em outros aplicativos para dispositivos móveis que vão levar as pessoas à listagem do seu app na Google Play Store

Campanhas de engajamento com apps: Para quem quer encontrar pessoas com interesse no conteúdo do seu aplicativo ou fazer com que quem já instalou seu aplicativo volte a usá-lo novamente, ou realize uma ação.

 

Google Shopping

 

Com estes anúncios é possível criar campanhas para promover os produtos de e-commerce, intensificar o tráfego para o site e até mesmo para lojas física, além de gerar leads mais qualificados. Nesse formato, os anúncios não utilizam palavras-chave na segmentação, e sim as informações do feed, que o Google vai relacionar com o que as pessoas estão buscando. Depois que as informações são fornecidas, o AdWords poderá criar anúncios dinamicamente, que serão exibidos na Rede de Pesquisa do Google e em toda Rede de Display, onde todos os clientes em potencial poderão ver os produtos.

Esses anúncios de produtos se diferem do simples anúncios de texto porque exibem uma foto do produto, além de título, preço, nome da loja e outras informações relevantes. Esse tipo de informação dá às pessoas uma boa noção sobre o produto vendido antes de clicarem no anúncio. O resultado disso são cliques mais direcionados e leads mais qualificados, afinal eles já têm informações suficientes para avaliar se realmente tem interesse ou não pelo produto.

 

Seus anúncios do Google Shopping podem aparecer ao mesmo tempo que um anúncio de texto na Rede de Pesquisa. Isso é possível para que os usuários tenham os mais variados tipos de informações e opções sobre o produto antes mesmo de clicarem em uma página, aumentando as chances de compra.

 

Remarketing

 

Com certeza você já teve a sensação de estar sendo perseguido por um anúncio ao navegar por diferentes sites. Normalmente, esse anúncio é um banner de algum produto visto anteriormente em outro site. Essa estratégia de exibir novamente um anúncio de algo que havia despertado o interesse de um usuário anteriormente é chamada de remarketing. Por meio desta tática, é possível alcançar as pessoas que já acessaram seu site ou usaram seu aplicativo. Esses “visitantes anteriores” podem ver seus anúncios enquanto navegam em sites que fazem parte da Rede de Display do Google ou quando realizam novas pesquisas por termos relacionados.

 

Google AdWords, realmente, vale à pena?

 

O Google AdWords é uma plataforma espetacular para ser usada em campanhas de links patrocinados. Para uma estratégia de Marketing Digital completa, é muito importante considerar essa ferramenta como canal de aquisição de clientes. Para você que está começando agora, tenha em mente que esse é um universo enorme. No começo, você pode cometer alguns erros, mas o importante é levar essas derrapadas como aprendizado. Se as campanhas forem bem planejadas e bem executadas, no futuro você perceberá que o AdWords será parte fixa da sua estratégia.

 

Relacionados